90 expressões que só um minhoto entende! Conhece-as todas?

Berço da pátria, terra de gente aguerrida e genuína. 90 expressões típicas do Minho. Quantas conhece?

Palavras e provérbios que só no Minho se dizem e por isso somos tão genuínos. Quantas vezes ouvimos nas nossas aldeias, expressões como berregar, em vez de berrar. Ou então provérbios como: “Gente do Minho veste pano de linho.” Sabiam que já existe um dicionário minhoto? Vejam alguns exemplos e acrescentem outros que conheçam. E divirtam-se!

minhota222-1-696x464

    • basculho (mulher pouco digna)
    • cabaneira (alcoviteira)
    • serigaita (rapariga fraquinha)
    • sonsa (pessoa falsa)
    • trambolho (mal jeitosa)
    • azeiteiro (armante)
    • borra-botas (zé-ninguém)
    • broeiro (rude)
    • lingrinhas (fraquinho)
    • trengo (palerma)
    • anda conós (connosco)
    • aqui há atrasado (há uns tempos atrás)
    • esperai-de (esperem)
    • pra bem era (isso é que era bom)
    • antromilho (entre o milho)
    • balado (declive)
    • benda (mercearia)
    • retunda (rotunda)
    • stander (stand)
    • bacia, labadeira (alguidar de plástico)
    • migalheiro, peteiro(mealheiro)
    • camurcina (casaco)
    • carcela (braguilha)
    • chuço (guarda-chuva)
    • setiã (soutien)
    • ajantes (jantes)
    • cambra dar (câmara de ar)
    • caminhete (camioneta)
    • raiders (rails)
    • relote (roulotte)
  • sofagem (chaufage)
  • bicha (mangueira)
  • bloques (blocos)
  • borronas (marcadores)
  • fox (lanterna)
  • loje (loja)
  • pisca-póles (busca-polos)
  • home (homem)
  • indreita (endireita)
  • alçamento (orçamento)
  • bacorada (asneira)
  • biscate (trabalho pequeno)
  • chaço (máquina velha)
  • lapada (estalada)
  • clipes (eucaliptos)
  • greiro (grão)
  • trompeteiro (melga)
  • quelunas (colunas)
  • bandulho (barriga)
  • canastro (corpo)
  • chispes (pés)
  • mozó (moela de frango)
  • grulha (miúdo que não se cala)
  • telhudo (teimoso)
  • verdugo (carrasco)
  • taluda (mulher alta)
  • coitáim (escutem)
  • tringalha (órgão sexual masculino)
  • patife (malandro)
  • dói-me as réns (dói-me as costas)
  • canguiço (dor no pescoço)
  • chieira (vaidade)
  • pichão (pichon, pixon)
  • antráguas (entre águas)
  • sendeiro (trapaceiro)
  • açafate (cesto pequeno)
  • pispirro (esguicho do bebedouro)
  • prezigo (conduto)
  • prosa (vaidade)
  • baganheira (coroa do relógio)
  • gorge (garganta)
  • desandador (chave de fendas)
  • Cruzeta (cabide)
  • em barda (grande quantidade)
  • fraldiqueiro (pessoa mal arranjada)
  • dala (lava loiça)
  • estrugido (refugado)
  • presigo (componente principal de um prato)
  • trampolineiro (vigarista)
  • brunir (passar a ferro)
  • sostra (preguiçosa)
  • piche (alcatrão)
  • estupor (mulher feira)
  • librandisca (vaidosa)
  • trilhar-se (aleijar-se)
  • barado (admirado)
  • aguça (afiadeira)
  • tona (casca de laranja)
  • basqueiro (barulho)

fonte: http://minhoemfesta.pt/



25 thoughts on “90 expressões que só um minhoto entende! Conhece-as todas?

  1. Mais termos minhotos: Safa (borracha de apagar); Mostrengo ( pessoa sem carácter); Monelho ( coisas mal atadas ); Cheira-me a chamusco ( desconfiar de algo );Fazer pouco chiqueiro (fazer pouco barulho ou sujidade); Bacorada ( dizer asneira ); Uso escapião ( usucapião) ; Por mor de ( por causa de) ; Qualquer maré ( qualquer dia) ;Aquelar,este vocábulo existe no português era muito utilizado pelas pessoas mais velhas,mas entrou em desuso e significa” Fazer ou arranjar as coisas..” A minha avó paterna usava muito falando em trabalhos do campo.. ; Panasco ( maluco ); Chanfer ( condutor , chauffer ); Sofage ( aquecimento do carro) ; Cochiné ( cachecoL ); Amodinho ( andar devagarinho); Carai ou carago ( diz-se em lugar do palavrão )..E muitos mais..

    1. borsa (carteira de senhora); bulir (mexer); bumba (água); chicha (carne); caurdo (caldo); adreito (a direito); bumgalois (bangalow) e tumbaril (tamboril); dále (dá-lhe); bota fora (deitar fora); por de borta (circundar); begueiro (homem com maus princípios)……

  2. Aí na lista há palavras que só a forma de falar é que as faz assim (tipo setiã). Não são palavras usadas especificamente no Minho… :/
    Sirigaita está mal escrito e quer dizer “rapariga atiradiça”. Há outras mal escritas. Falta também o gandulo e o estupor :)

  3. Acrescento mais alguns vocábulos minhotos:
    embarrar : tocar, esbarrar
    seresma: pessoa mole e sonsa
    aqui atrasado (e não há atrasado como vi atrás) : aqui há tempos
    estadulho: pau forte
    fanchonaça: mulher já entrada mas em boa forma (talvez do fanciulla italiano…)
    cadoz: mulher estragada pela idade ou pela vida difícil (está um cadoz!)
    bocanho: aberta , entre bátegas de chuva
    combarro: assembleia de velhos (em Agra, Vieira do Minho)
    reichelo : cabrito
    esbichar: comer com as mãos e chupar todos os ossinhos ou espinhas
    ovo indez: seixo em forma de ovo que se punha no ninho da galinha para lhe indicar onde devia por os restantes (de index, provavelmente)
    andas: paus altos com suporte para os pés, para andar na neve sem se enterrar
    croça: resguardo feito de palha de milho que se usava pelas costas
    pelém: pessoa muito magra , frágil que não aguenta um trabalho (é um pelém; estás um pelém)
    enceibar: entornar (enceibaste o vinho todo)
    morcão: bicho verde ou branco dos legumes e dos frutos
    moncos: ranho do nariz
    maneira: braguilha das calças
    Etc.

  4. Afia ( aguça)
    Parreca ( órgão sexual feminino)
    Pingadeira (assadeira)
    Chiqueiro (sujidade)
    Pamonha (pessoa que demora a fazer as coisas l)
    Songamonga (pessoa falsa)

  5. Grave confusão entre regionalismo e mau português.
    “Lapada” ou “trambolho” são regionalismos, ao passo que “retunda” é só mau português, tal qual acontece em outras regiões que não o minho.
    Poderia ter tido imensa piada. Assim acabou por resvalar na ignorância…

  6. É preciso distinguir “lexicologia” de “fonética”. A primeira diz respeito ao vocabulário, neste caso as palavras típicas de uma dada região. A segunda prende-se com a pronúncia, a forma como são ditas. Ora, há nesta lista diversos vocábulos que não são típicos, ou exclusivos, do Minho. Os exemplos mais flagrantes são “verdugo” e “patife”. Qualquer português, independentemente da zona, sabe o que querem dizer e usa-os.

  7. camioneta…………….. carrera adoro este termo 100% minhoto mas desculpa para ser um dicionário minhoto esta incompleto visto que o Minho é feito de muitas partes
    na serra d’arga turtumelo é um cogumelo e clips eucaliptos …… homem …. ome … noite noute iogurte nougute
    e adora a expressão típica das gentes de Viana o… Nao Ó … muito diferente de um simples não.
    quando os bebes estão a dormir… estão a medrar.
    quando não deixas uma coisa crescer e desabrochar estas a tulhir ( abafar)
    borracho… bebeado,
    o adorável … levas uma ostia ( apanhas um estalo )
    e muito mais ……

  8. de momento lembro-me de:

    cordões – lisboetas e afins chamam-lhe… atacadores das sapatilhas
    sapatilhas – lisboetas e afins chamam-lhe… ténis que é um desporto
    choça – lisboetas e afins chamam-lhe… lugar tipo pucilga
    xilindró – lisboetas e afins chamam-lhe… cadeia

  9. Muito estranho. Sou do Brasil e algumas dessas me são familiares. O fato mais interessante sobre o dialeto minhoto é o recorrente uso do pronome vós, e uma resistência tremenda ao uso de você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *